Trigo transgênico continua sem poder ser vendido na Argentina

1 semana atrás 9

Group CopyGroup 5 CopyGroup 13 CopyGroup 5 Copy 2Group 6 Copy

Veto será mantido até que o Brasil decida se vai aceitar ou não o produto


A comercialização de trigo transgênico na Argentina segue proibida e assim continuará até que o Brasil se manifeste sobre o assunto, reafirmou o presidente da Câmara da Indústria de Óleos da República Argentina e o Centro Exportador de Cereais (Ciara-CEC), Gustavo Idigoras, em evento virtual promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Trigo (Abitrigo).

Mais do Valor Econômico

Quando se trata do papel das mulheres na vida pública, a Suíça costuma ficar atrás de seus vizinhos europeus

Há 3 minutos Mundo

Veto será mantido até que o Brasil decida se vai aceitar ou não o produto

Há 4 minutos Agronegócios

O episódio é o centro de duas ações que tramitam no TSE e que podem levar à cassação da chapa de Bolsonaro e de seu vice, Hamilton Mourão

Há 7 minutos Política

O desfecho pode ser considerado uma derrota para Lira, que conduziu as negociações junto a associações para tentar viabilizar a votação ainda nesta semana

Há 25 minutos Política

Ao mencionar incertezas quanto ao surgimento de variantes, pesquisadores recomendam acompanhar festas de fim de ano e índices de covid nas primeiras semanas de janeiro. Segundo eles, sociedade deve assumir riscos

Há 25 minutos Brasil

A SpringHill projeta receitas de US$ 100 milhões para seus próximos quatro trimestres, em comparação aos US$ 60 milhões de 2020

Há 31 minutos Empresas

Ao final da sessão regular na Comex, o contrato futuro do ouro para dezembro fechou em alta de 0,2%, a US$ 1.797,90 por onça-troy

Há 34 minutos Finanças

O índice de preços ao produtor (PPI) subiu 10,7% em setembro em relação ao mesmo mês do ano anterior

Há 43 minutos Mundo

Mesmo com a devastadora pandemia, que fechou grande parte do comércio, e uma das piores carências alimentares em 10 anos, o won avança em relação ao dólar e os motivos são desconhecidos

Há 43 minutos Finanças

Há 48 minutos Mundo

Fonte