Tite treina seleção com 5 mudanças contra o Uruguai; veja a provável escalação

1 semana atrás 23

Praticamente classificado para a Copa do Mundo de 2022, Brasil encara o Uruguai nesta quinta, às 21h30 (Brasília), na Arena da Amazônia


O Brasil encerrou nesta quarta-feira, em Manaus, a preparação para o confronto diante do Uruguai. Evitando confirmar a escalação, Tite sinalizou mudanças na equipe e divulgou a dupla de ataque titular para a 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Toda a repercussão e análise de Brasil x Uruguai estará no Linha de Passe nesta quinta-feira, às 23h30 (Brasília), com transmissão pela ESPN no Star+.

Na Arena da Amazônia, o técnico Tite realizou o último treino antes do próximo compromisso e comandou as atividades com cinco mudanças em relação ao time que enfrentou a Colômbia no último domingo.

Segundo o "ge.com", as trocas foram as seguintes: Alisson por Ederson, Danilo por Emerson Royal, Marquinhos por Lucas Veríssimo, Militão por Thiago Silva e Gabriel Barbosa por Raphinha.

“Eu não vou confirmar a equipe, para não proporcionar uma armação ao adversário. Nós treinamos hoje uma formação diferente, fizemos um trabalho tático. A equipe está definida, os jogadores já sabem, mas não quero externar”, disse o treinado em coletiva.

Ainda assim, são duas certezas: “No primeiro jogo foram Gabriel Barbosa e Gabriel Jesus, no segundo iniciaram Gabriel Barbosa e Neymar, amanhã iniciam Neymar e Gabriel Jesus”, confirmou Tite.

Junto à dupla, Raphinha é o nome mais provável para compor o ataque da Seleção. O comandante do selecionado também comentou sobre as características do atleta durante a coletiva.

“O Raphinha é um externo que dá amplitude, tem uma jogada pessoal com velocidade, tem um balanço central com cruzamento ou a jogada de fundo. Vamos com calma, estamos construindo e dando oportunidades”, finalizou.

Pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, Brasil e Uruguai se encontram nesta quinta-feira. A partida acontece às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Amazônia – em Manaus.

Fonte