Senado aprova BR do Mar, projeto que visa impulsionar navegação em portos nacionais

1 semana atrás 23

https://br.sputniknews.com/20211125/senado-aprova-br-do-mar-projeto-que-visa-impulsionar-navegacao-em-portos-nacionais-20271285.html

Senado aprova BR do Mar, projeto que visa impulsionar navegação em portos nacionais

Senado aprova BR do Mar, projeto que visa impulsionar navegação em portos nacionais

A proposta foi aprovada pelos senadores, mas voltará à Câmara dos Deputados uma vez que o texto sofreu alteração. Posteriormente, segue para sanção do... 25.11.2021, Sputnik Brasil

2021-11-25T19:01-0300

2021-11-25T19:01-0300

2021-11-25T19:01-0300

notícias do brasil

marinha

projeto

navegação

senado

portos

política brasileira

/html/head/meta[@name='og:title']/@content

/html/head/meta[@name='og:description']/@content

https://cdnnbr1.img.sputniknews.com/img/07e5/0b/19/20271039_0:161:3067:1886_1920x0_80_0_0_5bd36b2696566c9b8348265dbaca94f0.jpg.webp

Nesta quinta-feira (25), o Senado aprovou o projeto de lei que cria a chamada BR do Mar, uma iniciativa que busca estimular a navegação entre os portos nacionais, de acordo com a Folha de São Paulo.Segundo a mídia, o projeto é uma das apostas do governo para a área de infraestrutura, e por isso, envolveu grande articulação do ministro Tarcísio Gomes de Freitas.A BR do Mar busca flexibilizar algumas regras para a navegação entre portos nacionais e aumentar a frota de embarcações. O governo espera dessa forma estimular a concorrência no setor de transporte de cargas marítimos, aumentando as possibilidades de aluguel de embarcações de outros países.No entanto, a proposta também aumenta as possibilidades de as Empresas Brasileiras de Navegação (EBN) alugarem embarcações sem a obrigatoriedade de possuírem embarcações próprias.Entretanto, a proposta foi aprovada de maneira simbólica pelos senadores. No entanto, como houve alterações, precisa passar por nova votação na Câmara dos Deputados, antes de ir para a sanção do presidente, Jair Bolsonaro.

https://br.sputniknews.com/20211117/cupula-da-camara-manda-recado-ao-senado-mudancas-no-texto-da-pec-dos-precatorios-nao-serao-aceitas-19792104.html

https://br.sputniknews.com/20211019/navio-escola-da-marinha-do-brasil-colide-com-passarela-em-porto-do-equador-videos-18136807.html

Sputnik Brasil

contato.br@sputniknews.com

+74956456601

MIA „Rosiya Segodnya“

2021

Sputnik Brasil

contato.br@sputniknews.com

+74956456601

MIA „Rosiya Segodnya“

notícias

br_BR

Sputnik Brasil

contato.br@sputniknews.com

+74956456601

MIA „Rosiya Segodnya“

https://cdnnbr1.img.sputniknews.com/img/07e5/0b/19/20271039_168:0:2899:2048_1920x0_80_0_0_794e5c1ddb18fdd1a23e2b5497575afc.jpg.webp

Sputnik Brasil

contato.br@sputniknews.com

+74956456601

MIA „Rosiya Segodnya“

marinha, projeto, navegação, senado, portos, política brasileira

A proposta foi aprovada pelos senadores, mas voltará à Câmara dos Deputados uma vez que o texto sofreu alteração. Posteriormente, segue para sanção do presidente, Jair Bolsonaro.

Nesta quinta-feira (25), o Senado aprovou o projeto de lei que cria a chamada BR do Mar, uma iniciativa que busca estimular a navegação entre os portos nacionais, de acordo com a Folha de São Paulo.

Segundo a mídia, o projeto é uma das apostas do governo para a área de infraestrutura, e por isso, envolveu grande articulação do ministro Tarcísio Gomes de Freitas.

A BR do Mar busca flexibilizar algumas regras para a navegação entre portos nacionais e aumentar a frota de embarcações. O governo espera dessa forma estimular a concorrência no setor de transporte de cargas marítimos, aumentando as possibilidades de aluguel de embarcações de outros países.

Arthur Lira preside a vontação da PEC dos Precatórios em Brasília (DF), 3 de novmebro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.11.2021

No entanto, a proposta também aumenta as possibilidades de as Empresas Brasileiras de Navegação (EBN) alugarem embarcações sem a obrigatoriedade de possuírem embarcações próprias.

"Esta mudança, no entanto, vem acompanhada de incentivos para que as EBNs mantenham e aumentem a frota própria, o que contribui para um importante aspecto da navegação de cabotagem, que é a disponibilidade do serviço", afirma o texto do relator Nelsinho Trad (PSD-MS).

Entretanto, a proposta foi aprovada de maneira simbólica pelos senadores. No entanto, como houve alterações, precisa passar por nova votação na Câmara dos Deputados, antes de ir para a sanção do presidente, Jair Bolsonaro.

Veleiro da Marinha do Brasil, Cisne Branco no rio Guayas, no Equador - Sputnik Brasil, 1920, 19.10.2021

Fonte