Produção da 3R Petroleum (RRPR3) sobe e da PetroRio (PRIO3) tem leve queda em novembro: o que isso significa para as empresas?

1 mês atrás 32

As companhias do setor de óleo e gás 3R Petroleum (RRRP3) e PetroRio (PRIO3) divulgaram na noite de segunda-feira (6) seus dados operacionais referentes ao mês de novembro. O destaque ficou com a 3R, que registrou aumento de produção, enquanto a PetroRio foi afetada por uma interrupção em um de seus campos, registrando queda de 0,77% na base mensal.

No último mês, a 3R Petroleum apresentou um aumento na produção média de todos os seus campos, atingindo 9.235 barris de óleo equivalente (boe/dia). Desse total, a parcela referente à 3R atingiu uma produção média diária de 7.907 barris de óleo equivalente.

O destaque ficou para a produção do Polo Macau, que atingiu uma produção média diária de 6.196 boe no mês. A produção total da companhia ainda foi beneficiada pela contabilização da produção do Polo Areia Branca, polo assumido pela companhia no início de novembro após aquisição da Duna Energia.

Já os dados operacionais da PetroRio vieram relativamente estáveis em relação aos meses anteriores, com uma produção de 31.235 boe/dia.

Destaque positivo para o Cluster Polvo e Tubarão Martelo (TBMT), que retomou a produção na segunda quinzena do mês após intervenção em poços no Campo TBMT. Já a produção do Campo de Frade foi afetada pela interrupção, por três dias, ocorrida por conta de falha no sistema de automação, segundo a companhia.

Em relatório, a casa de análise Levante Investimentos escreve que vê com bons olhos a estratégia das “Junior Oils” brasileiras (3R Petroleum e PetroRio), de adquirirem campos maduros do plano de desinvestimento da Petrobras (PETR3; PETR4), e os revitalizar, de forma a aumentar sua produção e vida útil.

“Grande parte desses campos não recebia investimento da Petrobras e já estava apresentando um decaimento em sua produção. Dessa forma, os dados operacionais divulgados pelas companhias são um importante meio de acompanhar a execução de sua estratégia”, escrevem os analistas.

A Levante destaca ainda que a 3R se encontra em um estágio atrás da PetroRio nessa estratégia. Em outras palavras, enquanto a PetroRio já incorporou boa parte dos campos adquiridos, a 3R ainda possui campos relevantes para consolidar em seus dados, o que os analistas acreditam não estar ainda precificado no preço das ações.

“Também vemos com bons olhos o aumento gradual na produção de seus campos em que já operam há algum tempo, aumentando seu histórico de sucesso e dando mais confiança aos investidores na estratégia da companhia”, completa o time de análise.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em comentário, o Bradesco BBI avalia que a 3R continua apresentando bons resultados na execução de Macau. Segundo os analistas, deve haver um gatilho importante no segundo semestre de 2022, quando a empresa deve concluir a construção das estações de tratamento de água, e começar a injetar água no reservatório de Macau, aumentando ainda mais a produção.

Em meados do próximo ano, após a empresa consolidar a aquisição da Papa-Terra, a produção geral deve ficar perto de 25kbpd, estimam os analistas.

Já com relação à PetroRio, o BBI escreve que com a empresa finalizando os reparos nos dois poços que apresentaram falha no TBMT (questão que pesa sobre a produção desde o primeiro trimestre de 2021), os números da produção de dezembro serão decisivos para estabelecer uma perspectiva razoável para 2022.

Segundo os analistas do banco, com a produção em Frade sendo normalizada após a paralisação em novembro, a companhia pode escalar a produção até 33 ou 34kbpd em dezembro.

“A produção em 2021 tem ficado muito abaixo de nossas expectativas devido a essas falhas nos poços. No acumulado do ano, a produção foi, em média, de 31,4 kbpd, muito abaixo de nossa estimativa inicial de 35 kbpd para o ano”, destacam.

Para 2022, a estimativa do Bradesco BBI é de 39,6kbpd, a depender de como estarão os poços da empresa ao fim deste ano.

Nesta tarde, por volta das 15h30 (horário de Brasília), os papéis RRRP3 tinham queda de 2,97%, a R$ 31,40, enquanto as ações PRIO3 subiam 2,36%, negociadas a R$ 22,11.

Petrobras (PETR3; PETR4)

Ainda no radar do setor, a Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou nesta terça-feira (7) a conclusão da venda do Polo Miranga, localizado na Bahia, para a PetroRecôncavo (RECV3), pelo montante de US$ 220,1 milhões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com a cessão dos contratos à subsidiária integral da companhia, SPE Miranga, a PetroRecôncavo assumirá a partir de hoje as operações dos campos. Segundo a Petrobras, a produção média diária do Polo Miranga em 2021 foi de 691 barris de óleo por dia e 362 mil metros cúbicos de gás natural.

Além disso, a Petrobras anunciou hoje a conclusão da venda de três usinas termelétricas para a São Francisco Energia, no valor de R$ 61 milhões.

Na avaliação da Levante, a estratégia da estatal de desinvestir em ativos “não core”, como campos onshore e de águas rasas, e focar em seu ativo principal (o pré-sal) é positiva.

“Destacamos o ótimo momento vivido pela companhia, com redução de desalavancagem e boa distribuição de dividendos, porém, lembramos sempre do risco político inerente à estatal”, escrevem os analistas.

Nesta terça-feira, os papéis PETR3 apresentavam alta de 2,14%, a R$ 31,00, por volta das 15h30, enquanto as ações PETR4 subiam 1,25%, negociadas a R$ 29,25.

Analista da Rico Corretora ensina ferramentas práticas a extrair lucro do mercado financeiro de forma consistente. Inscreva-se Grátis.

Fonte