Peçanha ganha longa-metragem com missão em Nova Iguaçu

1 semana atrás 24

Aí está Antônio Tabet em ação como Peçanha: o policial de métodos controversos que ficou famoso por vídeos curtos na internet ganha seu 1º longa-metragem, “Peçanha contra o Animal”, na busca de um serial killer em Nova Iguaçu (RJ). Do Porta dos Fundos, o título estreia no dia 22 pela Amazon. Prime Video.

O enredo traz Peçanha e seus parceiros na busca por um serial killer de Nova Iguaçu (RJ). Com a missão de encontrar o vilão, o bruto, o estúpido (e por isso divertido) sargento-tenente-major Peçanha e colegas da esculachada delegacia fluminense abusarão dos métodos nada convencionais para prender o tal Animal.

O elenco conta ainda com Rafael Portugal, Pedro Benevides e Evelyn Castro, entre outros, com direção de Vinicius Videla.

SÁTIRA

Os cassetas Hélio de La Peña, Hubert, Cláudio Manoel e Beto Silva voltarão ao ar semanalmente pela TV aberta. Sem necessidade de megaprodução, o quarteto protagoniza o Conversa Piada, que pretende satirizar o noticiário político. Vai ao ar pela TV Cultura, aos sábados, às 22, a partir do dia 16.

INCLUSÃO

O Festival #ConverseComOutrasIdeias, da GloboNews, chega em sua última rodada de encontros nesta quinta-feira (14). Para falar de educação inclusiva, a apresentadora Aline Midlej recebe Marcos Mion, a influenciadora digital Pequena Lo e o especialista em educação inclusiva Rodrigo Mendesa às 19h, via Facebook e Twitter da GloboNews.

AUDIÊNCIAS

  • 3 pontos

de média, com 4 de pico, chega a alcançar o Operação Mesquita, de Otávio Mesquita, nas madrugadas do SBT, com curtas distâncias da Globo, que nesta semana marcou 4,4 no mesmo horário que ele

  • 22 pontos

marcou “Verdades Secretas” na segunda-feira (11), recorde da reprise na Globo. A novela tem sido aquecida pelos anúncios da 2ª temporada do título, que estreia no dia 20 no GloboPlay

  • Na terça-feira (12), Missa Solene, transmitida pela Rede Aparecida, manteve a emissora religiosa em 4º lugar no ranking de audiência das emissoras abertas na Grande São Paulo. Exibida das 8h58 às 10h41, a celebração feita por Dom Orlando Brandes marcou 1,41 pontos de média na região, sendo sintonizada por 4,62% das TVs ligadas.
  • A homilia alcançou 203.925 indivíduos na Grande São Paulo.
    Para ser pátria amada não pode ser pátria armada”, disse D. Orlando Brandes: “Seja uma pátria sem ódio, uma república sem mentira e fake news”, completou o arcebispo, que reafirmou a importância da ciência e da vacinação contra a Covid.
  • A Missa de Aparecida, das 6h58 às 8h05 ocupou o 5º lugar no ranking das emissoras abertas na Grande São Paulo, com 0,28 ponto de média e alcance de 43.567 indivíduos na região.
  • Central da Padroeira, das 8h05 às 8h58, deixou a Rede Aparecida em 4º lugar no ranking das emissoras abertas na praça paulista, com alcance de 134.265 indivíduos.

Foto de Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Fonte