Para competir com a Samsung: Oppo planeja smartphone dobrável para 2022

1 mês atrás 29

Com o sucesso obtido pela Samsung com os Galaxy Z Fold3 e Galaxy ZFlip 3, outras fabricantes estudam entrar no mercado de smartphones dobráveis em 2022.  Informações divulgadas neste domingo (28) sugerem que a Oppo e a Huawei já possuem aparelhos em desenvolvimento.

De acordo com publicações do leaker Chat Station, feitas na rede social chinesa Weibo,  a Oppo deve lançar um aparelho dobrável nos primeiros meses de 2022. O aparelho batizado de Oppo Find N 5G deve resgatar uma linha até então esquecida pela fabricante, sucedendo o N3 – smartphone lançado em 2014 que tinha como destaque uma câmera capaz de girar 360º, servindo tanto como câmera de selfie, como lente principal do aparelho.

publicidade

Segundo a publicação, o Oppo Find N 5G deve seguir este mesmo conceito de uma única câmera para duas funções ao adotá-la junto com uma tela dobrável. O sensor, por sua vez, seria desenvolvido pela Sony, trata-se de um IM766 para selfies de 50MP.

As informações coincidem com o vazamento recente de patentes que indicavam um novo projeto de câmera pop-up por parte da Oppo. Além disso, uma fonte diferente afirma que o telefone terá uma tela dobrável de 7,8 a 8 polegadas, com resolução de 2k e taxa de atualização de 120 Hz. De acordo com estas informações, o desenvolvimento do aparelho dobrável da Oppo estaria tão avançado que versões de testes já estariam nas mãos de desenvolvedores e até mesmo no circuito interno de varejistas para treinamento de estratégias de vendas do aparelho.

 Oppo/DivulgaçãoOppo N3 – aparelho com câmera pop-up de 2014 seria a inspiração para modelo dobrável de 2022. Imagem: Oppo/Divulgação

Leia mais:

Huawei também planeja entrar no segmento de dobráveis

Além da Oppo, outra empresa que pretende entrar na competição de smartphones dobráveis é a Huawei. De acordo com informações do Zhaoli Technology, o desafio da fabricante, no entanto, é a criação de um smartphone dobrável de baixo-custo, tornando acessível para os consumidores de entrada.

Esta preocupação não é exclusiva da Huawei, mesmo a Samsung – que já domina a manufatura destas telas – sofre com o custo destes dispositivos. Apesar disto, recentemente, a Samsung foi indicada ao prêmio de design com o Galaxy Z Flip3 como smartphone mais inovador de 2021, o que sugere que os smartphones de duas telas serão uma máxima do mercado no futuro.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte