Palpite Manchester City x Chelsea - Campeonato Inglês 2021/2022 - Rodada 22

3 dias atrás 39

Separados por dez pontos na tabela de classificação, Manchester City, líder do Campeonato Inglês, e Chelsea, segundo colocado, travam uma batalha neste sábado, 15 de janeiro, que pode ser decisiva para dizer se a Premier League será disputada com ou sem emoção. Qualquer resultado que não seja a vitória dos Blues deixará o torneio nas mãos dos Citizens.

O time de Pep Guardiola ganhou três das quatro últimas edições do Campeonato Inglês e é o mais longevo trabalho do técnico Espanhol. Nunca ele havia dirigido em sua carreira uma equipe por cinco temporadas seguidas. Uma definição precoce, mesmo que não matemática, da Premier League poderia permitir uma dedicação maior à perseguição do único título que ainda não conquistou no clube, a Champions League.

Embaixador do Sites-de-apostas.net, Jakson Follmann, o goleiro que entrou para a história na Chapecoense, defende seu palpite no clássico germânico

Embora seja lembrado por muitos como sobrevivente de uma das maiores tragédias do futebol mundial. Follmann é muito mais do que isso. O ex-goleiro é também cantor, embaixador da Chape e do SDA e ainda coloca seu conhecimento dos gramados à serviço dos apostadores.

Além do palpite completo, você terá acesso a tudo sobre o jogo de hoje no sites-de-apostas.net, como, por exemplo:

- Cotações para duelo
- Pontuação das equipes no torneio e forma nas últimas partidas (gols marcados, sofridos, sequências)
- Estatísticas de posse de bola, finalizações, escanteios, faltas, impedimentos e defesas
- Promoções para o jogo

Sem atacante fixo, City tem maior produção ofensiva

Guardiola bem que tentou antes do início da temporada a contratação de um atacante fixo. Chegou a oferecer 100 milhões de libras esterlinas ao Tottenham por Harry Kane e praticamente fechar contrato para ter Cristiano Ronaldo, que na hora de colocar a assinatura no papel recebeu proposta do Manchester United e optou pelo lado vermelho da cidade.No entanto, depois da saída de Kun Aguero, que exercia a função, encontrou uma solução para preencher os espaços ofensivos sem contar com um centroavante fixo.

Tendo utilizado 22 jogadores ao longo da campanha na versão 2021/2022 até agora na Premier League, incluindo dois goleiros, 15 fizeram ao menos um gol. O maior artilheiro é o geralmente muito criticado Raheem Sterling. Marcou sete vezes em 17 partidas, que raramente fica preso no meio da área. No total, foram 53 gols marcados em 21 jogos. Média de 2,5 por confronto. O time precisa de sete finalizações para balançar a rede do adversário.

Com dois matadores, Chelsea mostra menor eficácia

Romelu Lukaku foi um dos maiores investimentos em contratação da história do Chelsea. Foi contratado no início da temporada para ser o centroavante que Timo Werner, adquirido na temporada anterior, não conseguiu ser. Porém, os dois, juntos, produziram seis gols na versão 2021/2022 do Campeonato Inglês. Abaixo não apenas de Sterling. Até mesmo o meia Mason Mount, que por vezes faz o papel de ‘falso nove’, marcou mais vezes.

O jovem atleta, de 23 anos, formado nas divisões de base dos Blues, marcou sete gols em 18 partidas. Foi o principal contribuinte nos 43 tentos assinalados na Premier League pelo clube, que utilizou, até agora, 24 jogadores. Destes, 16 conseguiram fazer ao menos um gol. Para balançar a rede adversária, o Chelsea mostra eficácia um pouco menor do que o City. Necessita de 7,2 finalizações.


Dupla de frente dos Blues custou 153 milhões de euros

O Chelsea gastou 153 milhões de euros, algo em torno de R$ 970 milhões no câmbio atual, para tirar o alemão Timo Werner do Leipzig, da Alemanha, e recontratar o belga Romelu Lukaku, que teve uma passagem curta e fracassada pelo clube, da Internazionale de Milão. Porém, ao menos até agora, o investimento ainda não rendeu o que deles se esperava. Werner, na segunda temporada no clube, fez apenas um gol em nove participações. Na primeira, foram seis gols em 35 jogos. Lukaku marcou cinco vezes em 13 jogos, mas recentemente causou turbulência nos bastidores afirmando estar arrependido de ter deixado o clube italiano.

Fonte