O acordo entre EUA e aliados para fazer frente à China no Pacífico; ouça podcast

1 mês atrás 129

No último dia 15, os EUA, o Reino Unido e a Austrália anunciaram um acordo para armar o país da Oceania com submarinos movidos a propulsão nuclear. O objetivo é fazer frente ao aumento de presença militar chinesa nos oceanos Índico e Pacífico, em especial no mar do Sul da China, região vital para Pequim e por onde passa um terço do comércio mundial.

Para firmar a parceria, a Austrália quebrou um acordo de produção de submarinos que tinha com a França no valor de aproximadamente US$ 66 bilhões (R$ 375 bilhões). Os franceses disseram que o acerto foi uma “punhalada nas costas” e convocaram seus embaixadores dos EUA e da Austrália —um gesto que sinaliza crises diplomáticas entre países.

No episódio desta terça-feira (21), o Café da Manhã conversa com o repórter Igor Gielow sobre o que está por trás do acordo dos submarinos nucleares, por que a região é alvo de disputas e o que o anúncio dos três países revela sobre a política externa de Joe Biden.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Maurício Meireles e Bruno Boghossian, com produção de Laila Mouallem e Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Fonte