Mulher-Maravilha: quadrinhos da DC revelam primeira amazona transgênero

1 mês atrás 27

A DC Comics lançou nesta última terça-feira (19) a minissérie Núbia e as Amazonas, arco de quadrinhos da Mulher-Maravilha que introduz a primeira habitante de Themyscira negra e transgênero: Bia.

Núbia e as Amazonas é a primeira parte do evento crossover Trial of the Amazons, anunciado oficialmente durante o último DC FanDome. A trama se concentra em Núbia, recém-promovida rainha de Themyscira que torna-se a guardiã do Poço das Almas, portal pelo qual as almas de mulheres mortas de forma brutal no mundo humano reencarnam como amazonas.

Após um tempo de relativa paz entre os reinos, a guerreira se vê em meio a um destino ligado à sangue e a um trono vazio, enfrentando premonições que indicam novas ameaças para sua terra.

Na primeira edição da minissérie, que será composta por seis revistas, um detalhe simbólico chamou a atenção e ganhou mais destaque que todas as referências ao multiverso DC. Isso porque as imagens confirmaram a existência de Bia, primeira amazona transgênero e negra já introduzida nos quadrinhos da Mulher-Maravilha. Um momento que, para muitos, marcou pelo alto teor emotivo.

Confira abaixo a cena com sua devida tradução:

 DC Comics / Reprodução)(Fonte: DC Comics / Reprodução)Fonte:  DC Comics 

Traduzindo:

"Como é de praxe para quem vem à Themyscira através do Poço, por favor, se cada um de vocês puder ficar de pé e nos dizer os nomes que decidiram para si.

Eu não tenho como explicar isso ainda, mas neste exato momento parece que minha alma desejou isso muito antes de eu chegar aqui. Eu sou Bia!

Bem-vinda, irmã Bia!"

Em nota postada no Twitter, as escritoras Stephanie Williams e Vita Ayala, responsáveis pelo roteiro de Núbia e as Amazonas, confirmaram a identidade de Bia e garantiram aos fãs que ela será uma personagem de pleno direito a ser devidamente explorada pelas questões sociais e pelo seu posicionamento. "[Bia] não é uma caixa a marcar... [ela] é importante para sua comunidade. Assim como as mulheres negras trans são importantes para nós na vida real."

A estreia do evento Trial of the Amazons, primeiro crossover da Mulher-Maravilha nos últimos 30 anos, segue sem previsão de lançamento no Brasil.

Fonte