Médica que identificou variante vê 'sintomas leves', por enquanto

1 mês atrás 25

Falando ao holandês De Telegraaf e à estatal britânica BBC, ecoando pelo alemão FAZ e outros, a médica sul-africana que identificou e alertou seu governo no dia 18 sobre a nova variante diz que percebeu pacientes com "sintomas diferentes" no início de novembro.

"Seus sintomas eram tão mais leves do que aqueles que eu tinha tratado antes", disse Angélique Coetzee ao jornal, com a imagem abaixo. "Um caso interessante foi o de uma criança de seis anos. A menina estava com febre e batimentos cardíacos muito altos. Tive dúvidas sobre a hospitalização, e dois dias depois ela estava completamente melhor."

Acrescentou à BBC que "os pacientes se queixam principalmente de dores no corpo e fadiga extrema, e vemos isso na geração mais jovem, não nos idosos".

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Fonte