Locação de imóvel residencial em São Paulo segue com prazo estendido

1 mês atrás 14

São Paulo

O Secovi-SP divulga nesta terça-feira (21) a nova edição de sua pesquisa de locação residencial na cidade de São Paulo, que segue com pouca variação no valor dos contratos novos de aluguel em agosto, mas o prazo de assinatura dos contratos permanece dilatado.

Nos imóveis de um quarto, a alta foi de 0,1% em agosto ante julho, segundo o Secovi. Nos de três dormitórios, ficou em 0,4%. Para os imóveis de dois quartos nem houve variação.

O que chama a atenção é o aumento no prazo para a locação, que hoje fica entre 30 e 80 dias. Em 2019, antes da pandemia, esse intervalo variava de 17 a 44 dias.

A pesquisa do Secovi acompanha apenas os contratos novos, não abrange a variação do IGP-M. Por isso segue descolada do índice. No acompanhamento de 12 meses, os registros da entidade apontam aumento de 1,4% no valor do aluguel novo, muito abaixo do patamar de 31,12% do IGP-M no mesmo período.

Entre os imóveis considerados em bom estado, o valor do metro quadrado das propriedades de um dormitório varia de R$ 22,51 em bairros da zona Leste a R$ 39,83 em bairros da zona Sul, como Jardins e Vila Mariana.

Nos imóveis de três dormitórios, o preço vai de R$ 19,46 a R$ 34,12 nos mesmos bairros da capital.

Segundo o Secovi-SP, o aluguel médio de um imóvel de três quartos em bom estado na zona Norte está em R$ 23,75 o metro quadrado.

com Mariana Grazini e Andressa Motter

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Fonte