Cowboy Bebop: Final da 1ª temporada desvia da história do anime

1 semana atrás 13
 Final da 1ª temporada desvia da história do anime

Alerta de spoilers

Cowboy Bebop termina a primeira temporada na Netflix com um desvio do anime original. Os destinos de Vicious (Alex Hassell), membro do Sindicato, e Julia (Elena Satine) são modificados, bem como parte da trama entre Spike (John Cho) e Jet (Mustafa Shakir), o que entra na proposta do seriado.

Ao Thrillist, o showrunner Andre Nemec comentou que a versão em live-action é “uma continuação reimaginada”. Ou seja, se inspira no anime, mas não segue exatamente a mesma história.

A primeira modificação é na relação entre Spike e Jet. Na Netflix, o personagem de Shakir ganha uma filha, que se torna alvo do Sindicato do Crime do Dragão Vermelho, o mesmo grupo que Spike já trabalhou.

Com tensão, Jet só poupa Spike para que a filha dele seja salva, o que acontece.

Mas, a grande mudança acontece depois. O triângulo amoroso de Spike, Julia e Vicious termina de uma forma bem distante do anime original.

No anime, Julia é morta em um tiroteio após se reencontrar com Spike. Cowboy Bebop termina com Vicious e Spike morrendo, mesmo que alguns fãs pensem que o protagonista não se foi completamente – Shinichiro Watanabe, o criador, não diz até hoje se ele está vivo ou morto.

Na série da TV, Julia não só fica viva, como toma para si a liderança do Sindicato, fazendo Vicious o próprio prisioneiro dela.

Essa grande mudança prepara uma segunda temporada de Cowboy Bebop na Netflix. Como citado antes, a versão live-action não tenta repetir o anime, apenas o usando como base.

A história de Cowboy Bebop na Netflix

Cowboy Bebop é um faroeste futurista cheio de ação sobre três caçadores de recompensas.”

“Conhecidos como ‘cowboys’, Spike Spiegel (John Cho), Jet Black (Mustafa Shakir) e Faye Valentine (Daniella Pineda) formam um trio letal que percorre a galáxia em busca dos criminosos mais perigosos do universo – contanto que sejam bem pagos, obviamente.”

“Mas não são apenas seus alvos que estão em apuros. Os cowboys também têm seus próprios problemas: seu passado está à espreita”, afirma a descrição da Netflix.

O episódio de estreia de Cowboy Bebop conta com o roteiro de Christopher Yost, que co-escreveu Thor: Ragnarok. O diretor do anime original, Shinichiro Watanabe, volta para trabalhar na nova versão.

A história do anime segue um grupo de caçadores de recompensa formado por Spike Spiegel, Jet Black, Faye Valentine e Radical Ed, que caçam os criminosos mais perigosos do sistema solar. A trama conta ainda com muito jazz.

Cowboy Bebop já está disponível na Netflix.

Fonte