Covid-19: Reino Unido proíbe voos da África do Sul por conta das novas variantes

1 semana atrás 18

Na quinta-feira (25), o Reino Unido anunciou estar preocupado com a identificação de uma nova variante do coronavírus que se espalha pela África do Sul e pode tornar as vacinas menos eficientes. Com isso, o governo britânico impôs restrições sobre seis países africanos.

Agora, está proibindo temporariamente os voos vindos da África do Sul e de outros cinco países a partir do meio-dia da próxima sexta-feira, e os viajantes britânicos vindos desses lugares precisarão fazer quarentena. De acordo com a Agência de Segurança Sanitária britânica, a variante – chamada de B.1.1.529- tem uma proteína spike que difere das da Covid-19 original, no qual foram baseadas as vacinas.

publicidade

Turista na pandemiaImagem: Andresr (iStock)

A nova variante possui mutações que podem evadir a resposta imunológica que é gerada tanto pelas infecções anteriores quanto pela própria vacinação, além das mutações associadas com uma maior infecciosidade.

“O que sabemos é que há um número significativo de mutações, talvez o dobro do número de mutações que vimos na variante Delta”, disse o secretário de Saúde Sajid Javid à imprensa. Segundo ele, isso pode indicar que é possível a nova variante “ser mais transmissível e que as atuais vacinas que temos podem ser menos eficientes”.

Ademais, Javid enfatizou que é preciso mais dados, porém, as restrições de viagem são necessárias para prevenir o pior. Enquanto isso, os cientistas afirmam que estudos laboratoriais precisam ocorrer para avaliar a probabilidade das mutações resultarem em uma queda na eficácia das vacinas.

Leia mais:

Fonte: Agência Brasil

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte