Commodities: Medo de novas medidas de restrição derruba café em NY

1 mês atrás 26

Cacau, açúcar e algodão, também caíram, e suco de laranja fechou em alta


Com o avanço da variante ômicron do coronavírus, as negociações na bolsa de Nova York das chamadas “soft commodities” foram marcadas pelo pessimismo na sessão de hoje (29/11). O recuo mais acentuado foi o do café arábica: os contratos de segunda posição, que vencem em março e são no momento os de maior liquidez, caíram 4,1%, a US$ 2,33 a libra-peso.

Fonte