Borrachinha analisa possível próximo rival e diz ter objetivos maiores que ser campeão do UFC; veja quais

1 semana atrás 10

Sem lutar desde setembro de 2020, Paulo Borrachinha está próximo de voltar ao octógono do UFC. Seu empresário, Wallid Ismail, trabalha fortemente para um combate contra o italiano Marvin Vettori. E o duelo já foi aprovado nas redes sociais por Ali Abdelaziz, empresário de Vettori.

Em entrevista ao "Canal do Marinho", Borrachinha falou sobre o duelo contra Vettori, que está próximo de ser fechado.

"Todo mundo já sabe, ele é um bom lutador, top 5 do ranking, ninguém chega no top 5 à toa, ele está ali porque fez por merecer. E agora vamos sair na porrada, vamos lutar, vamos ver quem vai sair com a vitória. Não preciso falar que eu acredito mais em mim. Vamos fazer uma guerra lá", disse Borrachinha.

O brasileiro e o italiano têm como última luta uma derrota para Israel Adesanya em disputas de cinturão dos médios. No caso de Borrachinha, ele disse que estava lesionado antes do combate contra o nigeriano e chegou até a falar que estava de ressaca por ter exagerado no vinho na noite anterior.

"Eu estou me sentindo muito bem, fisicamente estou rendendo como deveria ter rendido na luta pelo título. Aconteceram algumas coisas que não pude performar bem. Me certificarei de estar totalmente apto e que nada atrapalhe minha performance nessa possível luta com o Vettori. Não está fechado, mas acredito qie é do interesse dele também lutar comigo", afirmou.

"Lutar pelo título vai ser uma consequência, mas meu objetivo maior não é esse, é fazer um legado e obviamente ser bem pago por isso", completou.

Fonte