Boris Johnson para Bolsonaro: Vacinas salvam vidas

1 mês atrás 23

Premiê do Reino Unido reuniu-se nesta segunda com o presidente brasileiro em Nova York, que reafirmou que não havia se imunizado.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, enfatizou a importância das vacinas contra a covid-19 em uma reunião bilateral em Nova York nesta segunda-feira (20/09) com o presidente Jair Bolsonaro, que afirma não ter se vacinado até o momento.

Ambos se encontraram em uma agenda paralela à Assembleia Geral da ONU, que será aberta nesta terça-feira na cidade americana com um discurso de Bolsonaro. É tradição na Assembleia Geral da organização que o presidente do Brasil faça o primeiro discurso.

Enquanto os jornalistas estavam saindo da sala da reunião, Johnson afirmou: "Obrigado a todo mundo, tomem as vacinas da AstraZeneca." O premiê britânico também falou a Bolsonaro "Já tomei as duas doses." O presidente brasileiro, então, apontou para si mesmo e disse: "ainda não", e deu uma risada.

Em um comunicado após o encontro, o gabinete de Johnson disse que o premiê destacou durante a reunião com Bolsonaro "a importância das vacinas como nossa melhor ferramenta para combater o vírus e salvar vidas em todo o mundo, e enfatizou o papel importante que a vacina de Oxford-AstraZeneca desempenhou no Reino Unido, no Brasil e em outros lugares."

AstraZeneca é imunizante mais usado no Brasil

A vacina da AstraZeneca foi desenvolvida pela Universidade de Oxford, e é comercializada e distribuída pela farmacêutica anglo-sueca sem margem de lucro. No Brasil, a empresa fechou uma parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, para distribuir e produzir o imunizante em território nacional, com transferência de tecnologia.

Até o momento, a vacina da AstraZeneca é a mais aplicada no Brasil, e responde por 44,2% das doses. Em seguida vem a Coronovac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac, com 33,1%. A vacina da Pfizer-Biontech responde por 20,6% das doses aplicadas, e a da Janssen, por 2,2%, segundo painel mantido pelo Ministério da Saúde.

Presidente não vacinado

Desde o início da pandemia, Bolsonaro e seus aliados mais próximos por diversas vezes já disseminaram desinformação sobre vacinas, e o presidente brasileiro é o único líder do G20, composto pelas 19 principais economias do mundo mais a União Europeia, que diz não ter se vacinado, segundo levantamento da BBC.

Em um episódio recente, para justificar a decisão do governo federal de não apoiar mais a imunização para adolescentes de 12 a 17 anos, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse na última quinta-feira que a prática não seria recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), apesar de a entidade não ter posição contrária à imunização dessa faixa etária.

A pasta também alegou que os benefícios da vacinação em adolescentes sem comorbidades não estariam "claramente definidos", apesar de diversas pesquisas terem testado o imunizante da Pfizer-Biontech nessa faixa etária e atestado a sua eficácia e segurança e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter autorizado o seu uso em adolescentes.

bl (AP, ots)

  • Haitianos atravessam fronteira com os Estados Unidos

    O mês de setembro em imagens

    Haitianos em busca do "sonho americano"

    Nos últimos dias, milhares de haitianos tentaram atravessar a fronteira entre o México e os Estados Unidos, mas centenas foram detidos e deportados de volta ao Haiti, que enfrentou um terremoto e o assassinato de seu presidente recentemente. O governo americano justifica as deportações com base na manutenção da saúde pública na pandemia, sem permitir que eles peçam asilo. (20/09)

  • Vulcão em erupção nas Ilhas Canárias

    O mês de setembro em imagens

    Vulcão em erupção nas Ilhas Canárias

    Um vulcão na ilha espanhola de La Palma, no arquipélago atlântico das Ilhas Canárias, entrou em erupção após a ocorrência de uma série de pequenos terremotos na área do complexo vulcânico de Cumbre Vieja há mais de uma semana. O vulcão surgiu em uma área montanhosa desabitada enquanto a população com mobilidade reduzida nas cidades vizinhas estava sendo retirada. (19/09)

  • O slackliner francês Nathan Paulin anda sobre fita de slackline, com Torre Eiffel ao fundo

    O mês de setembro em imagens

    Francês percorre 670 metros em fita de slackline

    O slackliner francês Nathan Paulin arrancou aplausos ao percorrer 670 metros sobre uma fita de slackline entre a Torre Eiffel e a praça Trocadero, em Paris, a 70 metros de altura. A performance de meia hora se seguiu a quatro anos de prática, contou Paulin, além da superação de seu medo de altura durante a infância. "Durante a apresentação, não senti medo", disse o francês de 27 anos. (18/09)

  • Imagem mostra tronco da árvore embrulhada com cobertor de lâmina metálica

    O mês de setembro em imagens

    Maior árvore do mundo é embrulhada

    A sequoia "General Sherman", que fica na Califórnia, tem idade estimada entre 2.300 e 2.700 anos, um tronco com circunferência de 31 metros e é considerada a árvore mais volumosa do mundo, foi embrulhada nesta sexta-feira por bombeiros com cobertores especiais resistentes ao fogo. O objetivo é protegê-la das chamas de um incêndio florestal que tem avançado na reserva onde ela fica. (17/09)

  • Mulher salta com cavalo

    O mês de setembro em imagens

    EUA vencem torneio equestre na Alemanha

    A equipe dos Estados Unidos foi a grande vencedora da CHIO Aachen deste ano, realizada na Alemanha e considerada a competição equestre mais importante do mundo. Um dos destaques foi Jessica Springsteen (foto), filha da estrela do rock Bruce Springsteen, que competiu com seu cavalo Don Juan. Foi a primeira vitória dos americanos no torneio desde 2005. (16/09)

  • Dois jovens em frente a faixa com a inscrição hunger streik

    O mês de setembro em imagens

    Greve de fome pelo clima

    Jovens ativistas do grupo "a última geração" acampados próximo ao Reichstag, o Parlamento alemão, afirmaram que seguirão em greve de fome até que consigam falar sobre a emergência climática com os três principais candidatos a chanceler federal da Alemanha, que realiza eleições no dia 26. O grupo está em jejum desde 30 de agosto, e nesta terça um deles desmaiou e foi levado ao hospital. (15/09)

  • Neuseeland Maori

    O mês de setembro em imagens

    Nova Zelândia ou Aotearoa?

    O partido maori da Nova Zelândia lançou uma petição para alterar o nome do país para Aotearoa, uma demanda histórica do povo nativo. A palavra significa "a terra da longa nuvem branca" no idioma Te Reo Maori e com frequência é usada como um segundo nome para a nação insular do Pacífico, inclusive pela primeira-ministra Jacinda Ardern. O povo maori representa 16,5% da população do país. (14/09)

  • Arco do Triunfo é embrulhado para instalação artística

    O mês de setembro em imagens

    Arco do Triunfo é "embrulhado"

    O Arco do Triunfo, em Paris, começou a ser coberto com tecido em obra póstuma do artista Christo. No total, serão 25 mil m² de tecido, amarrados por 3 mil metros de corda vermelha. A instalação ficará pronta em 18 de setembro e permanecerá assim por duas semanas. Morto em 2020, Christo foi autor de diversas obras de arte contemporânea e também "embrulhou" o Reichstag, em Berlim, em 1995. (13/09)

  • Deutschland | Bundestagswahl | TV-Triell der Kanzlerkandidaten

    O mês de setembro em imagens

    Candidatos à sucessão de Merkel travam segundo debate da campanha

    Os três candidatos mais bem posicionados nas pesquisas à sucessão da chanceler federal Angela Merkel participaram do segundo debate televisivo da campanha. Em desvantagem nas pesquisas, o conservador Armin Laschet usou a oportunidade para lançar ataques contra o social-democrata Olaf Scholz. A verde Annalena Baerbock criticou os rivais e disse que falta empenho na proteção climática. (12/09)

  • USA | New York | 20. Gedenken an die Terroranschläge 9/11

    O mês de setembro em imagens

    EUA relembram 20 anos dos ataques de 11 de Setembro

    Os Estados Unidos relembram neste sábado o vigésimo aniversário dos ataques de 11 de Setembro, com cerimônias para homenagear os cerca de 3.000 mortos nos ataques executados pela rede terrorista Al-Qaeda. Cerimônias foram organizadas nos antigos palcos dos ataques, o Marco Zero, em Nova York, o Pentágono e um campo da Pensilvânia. (11/09)

  • Diamarqueses dançam em plena rua em um festival em Copenhagen. A Dinamarca se tornou o primeiro país da União Europeia livre de quaisquer restrições relacionadas à pandemia do novo coronavírus. Após 548 dias com restrições e graças a alta taxa de vacinação, os dinamarqueses voltam gradativamente à normalidade. Mais de 80% da população acima de 12 anos está totalmente imunizada, ou seja, 73% da população de 5,8 milhões de habitantes. (10/09)

    O mês de setembro em imagens

    Dinamarca suspende todas as restrições anticovid

    A Dinamarca se tornou o primeiro país da União Europeia livre de quaisquer restrições relacionadas à pandemia do novo coronavírus. Após 548 dias com restrições e graças a alta taxa de vacinação, os dinamarqueses voltam gradativamente à normalidade. Mais de 80% da população acima de 12 anos está totalmente imunizada, ou seja, 73% da população de 5,8 milhões de habitantes. (10/09)

  • Bolsonaro, sorridente, faz o sinal de coração com as mãos. Depois de ameaçar o Supremo Tribunal Federal (STF) e pregar desobediência a decisões da Corte durante os atos de 7 de Setembro, presidente Jair Bolsonaro divulgou Declaração à Nação em tom de recuo tático. El diz que suas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum (09/09)

    O mês de setembro em imagens

    Bolsonaro recua e diz que não teve "intenção de agredir" STF

    Depois de ameaçar o Supremo Tribunal Federal (STF) e pregar desobediência a decisões da Corte durante os atos de 7 de Setembro, presidente Jair Bolsonaro divulgou "Declaração à Nação" em tom de recuo tático. Ele diz que suas palavras, "por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum" (09/09)

  • O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, respondeu as declarações feitas pelo presidente nos atos pró-governo de 7 de setembro e advertiu que desrespeito a decisões da Corte configura crime de responsabilidade. Ele também alertou contra falsos profetas do patriotismo e disse que o Tribunal não aceitará ameaças. “Ninguém fechará esta Corte”, sublinhou. (08/09)

    O mês de setembro em imagens

    Fux rebate ameaças de Bolsonaro

    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, respondeu as declarações feitas pelo presidente nos atos pró-governo de 7 de setembro e advertiu que desrespeito a decisões da Corte "configura crime de responsabilidade". Ele também alertou contra "falsos profetas do patriotismo" e disse que o Tribunal não aceitará ameaças. “Ninguém fechará esta Corte”, sublinhou. (08/09)

  • Presidente insufla sua base em protestos em Brasília e São Paulo com ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal e ao novamente lançar dúvidas sobre a segurança do sistema eleitoral, preparando o terreno para questionar o resultado da eleição de 2022. Ele também voltou a dizer que só sai de Brasília morto, preso ou com vitória. (07/09)

    O mês de setembro em imagens

    Atos pró-governo marcados por ameaças golpistas de Bolsonaro

    Presidente insufla sua base em protestos em Brasília e São Paulo com ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal e ao novamente lançar dúvidas sobre a segurança do sistema eleitoral, preparando o terreno para questionar o resultado da eleição de 2022. Ele também voltou a dizer que só sai de Brasília "morto, preso ou com vitória". (07/09)

  • Jean-Paul Belmondo, em foto e preto e branco nos anos 1970. Um dos principais nomes do cinema europeu, morreu aos 88 anos. Sua carreira se estendeu por meio século, incluindo mais de 80 longas-metragens. Ele foi a personificação do estereótipo masculino nos anos 1960, caracterizado pela virilidade e carisma. Belmondo trabalhou com muitos dos mais importantes diretores franceses, em especial, Jean-Luc Godard. (06/09)

    O mês de setembro em imagens

    Morre Jean-Paul Belmondo, ícone da Nouvelle Vague

    Jean-Paul Belmondo, um dos principais nomes do cinema europeu, morreu aos 88 anos. Sua carreira se estendeu por meio século, incluindo mais de 80 longas-metragens. Ele foi a personificação do estereótipo masculino nos anos 1960, caracterizado pela virilidade e o carisma. Belmondo trabalhou com muitos dos mais importantes diretores franceses, em especial, Jean-Luc Godard. (06/09)

  • Daniel Dias leva a bandeira do Brasil na pista do estádio. Atrás há outras pessoas com outras bandeiras.

    O mês de setembro em imagens

    Brasil tem melhor campanha da história em Jogos Paralímpicos

    O Brasil encerrou sua participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio com sua melhor campanha da história no evento. Foram 72 medalhas, sendo 22 de ouro, 20 de prata e 30 de bronze, o que garantiu o sétimo lugar no quadro de medalhas. É o maior número de medalhas douradas do país, superando os 21 ouros de Londres 2012. Daniel Dias foi o porta-bandeira brasileiro na cerimônia de encerramento. (05/09)

  • Foto mostra mulheres com véu protestando em uma rua.

    O mês de setembro em imagens

    Talibã interrompe protesto de mulheres em Cabul

    O Talibã dispersou com gás lacrimogêneo e tiros para o ar uma marcha pacífica de mulheres afegãs em Cabul. Dezenas de mulheres saíram as ruas pelo segundo dia consecutivo para protestar por seus direitos e por participação no governo. As manifestantes gritavam frases como "Vocês não têm legitimidade sem os direitos das mulheres" e "Não somos as mulheres de 20 anos atrás". (04/09)

  • Foto de Sério Mamberti em preto e branco. Ele sorri.

    O mês de setembro em imagens

    Morre ator Sérgio Mamberti, aos 82 anos

    Morreu o ator e diretor Sérgio Mamberti, aos 82 anos, após uma infecção pulmonar. Mamberti fez dezenas de trabalhos na televisão, sendo um dos de maior destaque o Dr. Victor, do Castelo Rá-tim-bum. Mamberti também era um dos maiores articuladores culturais do país e ocupou diversos cargos no Ministério da Cultura durante o governo Lula e no primeiro mandato de Dilma. (03/09)

  • Os integrantes da banda com roupas pretas com pontos coloridos. Os pontos coloridos são para que as câmeras registrassem os movimentos.

    O mês de setembro em imagens

    ABBA anuncia novo álbum após 40 anos

    O lendário grupo sueco ABBA anunciou que lançará um novo álbum após 40 anos e fará shows no próximo ano, em Londres, com o uso de avatares, apelidados de "Abbatars". Intitulado Voyage, o disco contará com 10 músicas e será lançado em novembro. Os quatro integrantes cantaram todas as canções durante cinco semanas perante 160 câmaras para que cada movimento pudesse ser registado. (02/09)

  • Foto mostra árvores altas em meio a muita fumaça.

    O mês de setembro em imagens

    Fogo afetou 85% das espécies em extinção na Bacia Amazônica

    Um estudo internacional com a participação de cientistas brasileiros revelou que 85% das espécies consideradas ameaçadas de extinção na região amazônica foram impactadas pelas queimadas de 2001 a 2019. Os resultados foram publicados na renomada revista científica Nature e levam em consideração 11.514 espécies de plantas e 3.079 espécies de vertebrados em toda a extensão da Bacia Amazônica. (01/09)


Fonte