Atlético-GO não consegue pousar em Chapecó por turbulência, retorna a São Paulo e aguarda CBF para adiar jogo

1 semana atrás 28

Avião que levava time goiano teve que retornar a São Paulo por não conseguir pousar em Santa Catarina


O Atlético-GO viveu uma saga para chegar em Chapecó para enfrentar a Chapecoense, nesta sexta-feira (26), às 21h30, pelo Campeonato Brasileiro. E não chegou por conta das condições climáticas.

A delegação do Dragão saiu de São Paulo rumo a Chapecó, às 18h55. Só que o mau tempo e as turbulências não permitiram que o avião pudesse aterrissar no Aeroporto Serafim Enoss Bertas. Com isso, a aeronave retornou para São Paulo.

De acordo com o clube, o processo demorou cerca de 3 horas e 30 minutos. Ao chegar em São Paulo, a delegação permaneceu por mais 50 minutos, mas acabou indo para o hotel.

O Atlético-GO entrou em contato com a CBF e com a Federação Goiana de Futebol. Até o momento, não há uma definição de adiamento da partida.

Veja abaixo a nota oficial do Atlético-GO:

Por volta das 18 horas desta quinta-feira, a delegação do Atlético Goianiense seguiu viagem a caminho de Chapecó-SC, com saída do Aeroporto de Guarulhos-SP. Entretanto, devido as condições climáticas adversas, não foi possível aterrissar no Aeroporto local.

A aeronave tentou iniciar a descida, porém, era impossível continuar devido a forte turbulência. Com isso, o comandante decidiu pelo retorno do avião para Guarulhos-SP, em um processo que durou cerca de 3 horas e 30 minutos.

Após o susto, a delegação atleticana aguardou no aeroporto a ida para o hotel por mais 50 minutos. O clube entrou em contato com a CBF e a Federação Goiana e aguarda o posicionamento oficial da entidade.

Atlético Clube Goianiense

Fonte