Análise: Teto de gastos finalmente mostra a que veio e impede gastança de políticos

1 semana atrás 12

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O terceiro relatório bimestral de receitas e despesas do governo deixou mais evidente ainda o poderio do teto de gastos para a manutenção de um regime de austeridade nas contas públicas. Apesar de uma alta projetada de R$ 64,2 bilhões na arrecadação total e um resultado primário previsto bem abaixo da meta para o ano, a liberação de despesas foi de apenas R$ 4,5 bilhões.

Fonte