Internet pela Tomada: Em Breve Luz e Internet Correrão pela Mesma Fiação


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) finalizou uma consulta pública que servirá de base para a elaboração do padrão brasileiro de internet por rede elétrica, afinal a energia elétrica chega a 95% do País.

A instalação será feita com um modem especial que conecta a saída de cabo de rede à tomada, há duas tecnologias disponíveis: o Power Line Communications (PLC), que permite diversos tipos de banda, e o Broadband over Power Lines (BPL).

200 Mbps é a velocidade que pode chegar a banda larga pela rede elétrica, o número é muito superior aos padrões brasileiros, hoje as conexões mais rápidas no País não ultrapassam 30 Mbps.

Algumas empresas já estão fazendo testes por conta própria, como é o caso da Panasonic, que trouxe seus modems PLC do Japão para implantar um projeto-piloto na cidade de Barreirinhas, em meio aos Lençóis Maranhenses.

A AES Eletropaulo, empresa concessionária do sistema elétrico de São Paulo, também entrou no jogo,e está realizando testes com a tecnologia BPL.

Para saber mais sobre o funcionamento da rede, leia o artigo: Entendendo a Internet sob rede elétrica.
Fonte: Revista ISTO É

ARTIGOS RELACIONADOS
Política de Privacidade • 2018 (CC)